Início > Sem categoria > Em Marília e na PUC

Em Marília e na PUC

Em Marília, na UNESP, GLEM-r: 

 O “Grupo Livre de Estudos Marxistas Revolucionários” foi constituído a partir da necessidade colocada por estudantes marxistas revolucionários de se diferenciar dos stalinistas, colocando a necessidade de um marxismo não acadêmico, voltado para transformação da realidade e não apenas para a compreensão dos escritos de Marx, mas que a partir da leitura imanente da obra de Marx, Engels, Lênin e Trotsky, tome partido da lutas de classes na sociedade contemporânea. Foi neste intuito que lançamos nosso manifesto de fundação. (Encontra-se em http://glem-r.blogspot.com/2010/04/manifesto-de-fundacao.html). No inicio de 2010 chamamos uma reunião de reorganização, foi colocada a necessidade de discutirmos outros autores além de Marx, principalmente Lenin e Trotsky, teóricos, dirigentes e revolucionários continuadores de Marx. Colocamo-nos a tarefa de buscarmos atingir novos estudantes. Chamamos tod@s @s interessad@s em discutir a obra de Marx e de marxistas e processos revolucionários a somarem-se conosco neste projeto.   

Por uma ciência transformadora, crítica e revolucionária!  

Núcleo Communards chama os estudantes a discutir e defender o marxismo na PUC-SP 

 Discutir alguns dos temas teóricos e políticos fundamentais de nosso tempo à luz da teoria marxista, e atuar no sentido de unificar a teoria com uma prática questionadora e subversiva da ordem atual. Este é o sentido fundamental do Núcleo Communards. A busca por discutir temas teóricos de fundamental importância, como as diversas experiências revolucionárias do século XX, suas diretrizes teóricas, conceitos, lições e legado vivente em nossos dias, alia-se à análise dos problemas atuais que seguem sem encontrar espaço cativo nos debates realizados em sala de aula. Dentre estes, podemos nomear os efeitos da crise capitalista em curso, que se mostra muito longe de ter sido sanada tendo em vista a falência de países europeus, como a Grécia, e temas políticos polêmicos e de importância nacional e internacional. Portanto, a perspectiva posta é uma tentativa inicial, mas resoluta, de criar um espaço de reflexão, debate e organização de estudantes que queiram conhecer o marxismo e suas vertentes teóricas. Mais que um grupo de estudos, o Núcleo Communards pretende ser um núcleo de resistência e questionamento também à crescente elitização e perda dos espaços de debate crítico dentro da PUC-SP. Num momento em que correntemente se enxerga a universidade como um mero espaço “preparatório para entrada no mercado de trabalho”, e não como uma usina de conhecimento voltado ao questionamento da ordem que nos é imposta e ao debate sobre os temas mais importantes da realidade, o Núcleo Communards quer recolocar em pauta a necessidade de romper estas estruturas frias e sem vida que reproduzem e semeiam a apatia.Quer trazer a tona as resistências à crise capitalista que já se gestam mundo afora, suas expressões teóricas e artísticas que são completamente ignoradas dentro dos muros de nossa universidade. Não queremos reproduzir a teoria marxista domesticada e inofensiva que muitas vezes encontramos nos programas acadêmicos, mas o marxismo capaz de ser uma arma afiada para analisar a realidade visando transformá-la radicalmente.O Núcleo Communards já conta com um ano de existência, sendo impulsionado por estudantes do Movimento A Plenos Pulmões e outros da PUC-SP de diversos cursos, como Ciências Sociais, Economia, e Serviço Social, além de contar com a presença do professor Pedro Fassoni, em reuniões de manhã e à noite.

Anúncios
Categorias:Sem categoria
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: